CENTRAL DE ATENDIMENTO
RJ (21) 2524.6007 / SP (11) 3897.0855
Notícias (Giro RI)
Fique ligado!
Nova lei de acessibilidade nos sites de RI: veja como se preparar

O tópico de acessibilidade online está sendo bastante discutido entre profissionais de RI, depois que o IBRI (Instituto Brasileiro de Relações com Investidores) promoveu uma teleconferência para abordar o assunto. A ênfase das discussões é o cumprimento a Lei Federal 13.146/2015 (Estatuto da Pessoa com Deficiência). 

O artigo 63 desta Lei diz: “É obrigatória a acessibilidade nos sítios da internet mantidos por empresas com sede ou representação comercial no País ou por órgãos de governo, para uso da pessoa com deficiência, garantindo-lhe acesso às informações disponíveis, conforme as melhores práticas e diretrizes de acessibilidade adotadas internacionalmente.”

Além disso, o Grupo de Trabalho de Acessibilidade na Web do W3C em parceria com o Ministério Público de São Paulo - e alguns apoiadores - lançaram uma cartilha para orientar e destacar a importância do investimento em acessibilidade na internet. Segundo este documento, a acessibilidade online trata-se da oportunidade igual a todos de utilização dos serviços disponíveis na web.

Listamos alguns tópicos importantes desta Lei:

DESIGN

  • Hiperlink: contraste entre a cor do texto e o respectivo fundo, com aparência clara de um hiperlink;
  • Links descritivos com informações claras sobre o destino remetido;
  • Acessibilidade de formulários com a tag label para informar o tipo de cada campo;
  • Função de alto contraste.


PROGRAMAÇÃO

  • Teclas de Atalho:
    - Ir para menu;
    - Ir para busca;
    - Ir para conteúdo;
    - Ir para o rodapé;
  • Opções de ampliar e diminuir fonte;
  • Navegação por teclado, por exemplo pela tecla tab pelos links de forma ordenada;
  • Links descritivos com informações claras sobre o destino remetido;
  • Incluir o mapa do site.


CONTEÚDO

  • Tag html de indicação de quando o texto for de linguagem estrangeira;
  • Fornecer um texto equivalente para cada elemento não textual. Como imagens, gráficos, etc. "ALT", "LONGDESC" e "D.LINK");
  • Recomendação de mudança de arquivos em PDF para HTML;
  • Respeitar a hierarquia das tags.


Desta forma, se configurou um novo modelo de identidade visual que deve ser seguido pelas empresas. Em partes da cartilha, fica clara a orientação para contratação de serviços de análise e desenvolvimento dos padrões estabelecidos aos sites.

Todas as recomendações se voltam para as adaptações imediatas das páginas corporativas, garantindo maior inclusão digital e melhores experiências em ambientes online.


CASE RIWEB

A Cielo, líder do setor de cartões de pagamento, lançou em 2014 um dos primeiros sites de RI que utiliza das melhores práticas de acessibilidade online. O site foi desenvolvido pela RIWEB e utiliza recursos como navegação pelo teclado, leitores de tela e tradutores para libras. 

Quer saber um pouco mais sobre como se adaptar às mudanças necessárias, assim como fez a Cielo, e utilizar destes recursos no seu website? Clique aqui e solicite um orçamento!

CLIENTES